O planejamento é a primeira etapa no processo de compra de um imóvel. É hora de tomar uma importante decisão sobre o tipo de negócio mais adequado para se fazer: comprar um imóvel na planta ou pronto.

Não há como estabelecer qual dessas opções é a melhor. Isso dependerá das necessidades e das condições do comprador para fazer a transação. Porém, é possível indicar algumas vantagens e desvantagens de cada alternativa para saber qual se encaixa melhor no seu caso.

Então, confira, a seguir, os benefícios de se comprar um imóvel na planta ou pronto.

Vantagens de comprar imóvel na planta

Melhor valor

Quem analisar o aspecto estritamente financeiro poderá concluir que a aquisição de um imóvel na planta é um melhor negócio. Além de geralmente o preço da casa ou do apartamento ainda em construção ser menor do que o já pronto, é possível obter melhores condições de negociação.

O preço mais em conta tem, entre seus fatores, um motivo bem-simples: o fato de que o comprador está adquirindo um bem que ainda não existe. Logo, por mais que o mercado imobiliário seja sólido, há um risco associado ao negócio, que reduz o investimento necessário.

Boas condições de negociação

Quem compra um imóvel na planta ajuda a construtora a financiar a obra. Também, por isso, encontra condições especiais de negociação. Geralmente no período da obra, paga-se por volta de 30% do valor do imóvel de forma parcelada. O restante pode ser financiado depois da entrega das chaves.

A própria entrada, que é paga para a construtora, pode ser parcelada. Em geral, quando se adquire um imóvel na planta, o investimento inicial é menor do que o necessário para se comprar um imóvel já pronto.

Enquanto o imóvel não estiver pronto para ser entregue, a operação não tem juros. Sobre a entrada parcelada, aplica-se apenas uma correção referente à inflação do setor imobiliário, por meio do Índice Nacional da Construção Civil (INCC).

Menor risco de problemas na documentação

Uma preocupação presente em qualquer negociação de imóveis diz respeito à legalidade do negócio. Ao se negociar com terceiros, é preciso ficar atento ao risco do imóvel ter algum impedimento para a transferência da propriedade. Pessoas de má fé comercializam imóveis com dívidas, alienados ou com disputas pela posse.

No caso de um imóvel comprado na planta, esse risco é bem-menor. Escolhendo uma construtora idônea e com boa reputação no mercado, a possibilidade de que ocorra algum problema com a documentação é reduzida e há mais mecanismos legais que protegem o consumidor.

Imóvel novo em folha

Essa é uma vantagem óbvia: comprando um imóvel na planta, você será o primeiro morador e encontrará tudo absolutamente novo. Não terá que se preocupar, por exemplo, com eventuais reformas ou ajustes que teria que fazer quando se adquire um imóvel já usado.

Além disso, as construtoras dão garantias contra qualquer problema estrutural verificado no imóvel após a sua entrega. Essa proteção geralmente é válida por cinco anos e é bem mais tranquila do que ocorre quando se adquire o bem de terceiros, que podem postergar eventuais manutenções que o imóvel necessite.

Outra vantagem é o fato de que, dependendo da obra e do acerto com a construtora, também é possível customizar etapas como o acabamento, por exemplo. Assim, quando você recebe as chaves, sua casa ou seu apartamento já está com o piso, os metais ou as cerâmicas que você escolheu já instalados.

Valorização garantida

Como dissemos, quando se compra um imóvel na planta, o valor pago geralmente pode ser mais baixo do que o de um já pronto. Esse benefício fica ainda mais evidente se considerarmos que, ao concluir a obra, sua casa ou seu apartamento já terá experimentado uma importante valorização.

Em alguns casos, quando recebe as chaves, o comprador tem em mãos um imóvel valendo até 30% mais do que o valor solicitado quando o empreendimento foi lançado.

Vantagens de comprar imóvel pronto

Entrega imediata

Para quem não pode esperar o prazo de conclusão da obra de um imóvel adquirido na planta, comprar uma casa ou um apartamento pronto é uma melhor opção. Nesse caso, bastará fechar o negócio, acertar a documentação e receber as chaves, podendo mudar-se em seguida.

No caso do imóvel na planta, será preciso esperar um tempo até o final da obra e a liberação do imóvel. E sempre há algum risco de atraso na entrega, o que não ocorre quando se compra um imóvel já pronto.

Maior burocracia com menos riscos

Quando falamos das vantagens do imóvel na planta, destacamos a menor burocracia, pois se trata de um negócio que envolve apenas o comprador e a empresa. Quando se adquire um imóvel pronto, há uma maior documentação para se preocupar. Porém, isso pode ter um lado positivo.

Como o imóvel já existe e está devidamente registrado, se a papelada estiver ok, o comprador está protegido. No imóvel novo, é preciso aguardar o final da obra para que a unidade seja devidamente registrada e liberada para ser habitada.

Comprador “enxerga” o imóvel antes da aquisição

Por melhores que sejam as plantas, maquetes e projeções do imóvel comprado na planta, você não terá como visitá-lo fisicamente, simplesmente porque ele ainda não existe. Quando a opção é por um imóvel já pronto, é possível visitá-lo quantas vezes desejar.

Assim, você tem uma melhor noção quanto à distribuição do espaço, da vista do apartamento e da estrutura do condomínio, por exemplo. Isso garante uma maior segurança quanto à unidade que você está adquirindo. Você pode, inclusive, visitar o imóvel em diferentes horários para conhecer melhor a posição solar, a temperatura, etc.

Como você pode ver, não há uma regra que valha para todas as pessoas sobre qual a melhor opção entre comprar imóvel na planta ou pronto. Para tomar essa decisão, é indispensável analisar de forma cuidadosa suas condições financeiras e projetar o comportamento futuro do negócio.

Antes de tomar sua decisão sobre o tipo de imóvel adquirir, entre em contato conosco e solicite o auxílio de nossos corretores associados. Eles podem ajudá-lo a definir o melhor negócio para você!

Powered by Rock Convert
Autor

Escreva um comentário

Share This