Realizar o sonho da casa própria é algo que requer planejamento. Não basta sair pela cidade procurando imóveis que estão à venda. Para que essa compra traga os resultados desejados pelo comprador é preciso saber seguir algumas etapas para comprar um imóvel.

Talvez você ainda não tenha se dado conta disso, mas nem toda casa que está disponível na cidade atenderá às suas necessidades. Sendo assim, decidimos escrever um material que vai ajudá-lo a entender todas as fases que constituem a compra imobiliária. Preparado? Então, leia este artigo com atenção!

Entenda o impacto financeiro dessa compra

Nesse momento, o comprador deverá entender o valor máximo que está disposto a investir na aquisição desse tipo de propriedade. Definido esse valor, é hora de buscar alternativas para alcançá-lo.

Uma dica importante é revisar os seus gastos pessoais. Sempre há algum item que pode ser cortado (assinaturas de revistas que você não lê, pacote de tevê que não é assistido, mensalidade da academia que não é usada etc.).

Essa também é uma boa hora para entrar em contato com essas empresas e buscar planos mais econômicos. Você pode estar pensando: “como esses cortes me ajudarão a comprar a minha casa? ”. Some o quanto você gasta com esses serviços por ano e a resposta aparecerá na tela da sua calculadora.

Uma alternativa para facilitar a compra de uma casa é usar o saldo do FGTS para dar como valor de entrada. Nesse caso, é possível somar valores de diferentes contas, como no caso de um casal que decidiu morar junto. Todavia, lembre-se que a compra deve ser feita de forma conjunta e, em caso de financiamento, ele deverá ser regido pelo Sistema Financeiro de Habitação (SFH).

Escolha a melhor localização

Entre as etapas para comprar um imóvel, essa é uma das mais importantes. Um dos arrependimentos mais comuns das pessoas com relação à compra imobiliária é perceber que o local em que vivem não atendeu às suas expectativas.

Por isso, converse com os seus familiares e entenda o que deve ter no novo bairro para que vocês se sintam mais confortáveis. Algumas demandas podem ser urgentes, como escolas ou creches. Outras podem ser práticas, como uma rede de transporte público eficiente.

Aliás, o transporte deve ser avaliado considerando o trânsito do bairro. Calcule quanto tempo você leva para ir desse ponto da cidade até o seu trabalho, por exemplo. Outra dica é visitar o local em diferentes horários para saber se as vias sofrem com congestionamentos.

Ainda sobre a importância da localização, lembre-se que ela interfere na valorização do imóvel. Portanto, converse com a empresa responsável pelo apartamento (incorporadora, imobiliária etc.) sobre as perspectivas de valorização da propriedade.

Descubra o que você espera do imóvel

Nessa etapa, o comprador precisa ser sincero e refletir sobre o que não pode faltar na estrutura do seu imóvel. Número de quartos, áreas de lazer no condomínio, tamanho dos cômodos, vagas no estacionamento etc. Tudo isso deve ser anotado e conversado entre os futuros moradores.

Obviamente, é necessário ser realista nesse momento. Ao visitar algumas propriedades, você perceberá que imóveis que estão na mesma faixa de preço podem ter características semelhantes.

Isso quer dizer que você deve ter em mente o que pode ser exigido com relação à infraestrutura e o que só poderá ser adquirido se você estiver disposto a pagar a mais por isso.

Isso também vale para os imóveis antigos. Em alguns casos, o comprador perceberá que a propriedade só será capaz de atendê-lo após uma reforma estrutural — o que tornará o investimento mais caro e, em alguns casos, inviável.

Seguindo essa dica, você aproveitará melhor as visitas aos imóveis, já que saberá o que quer comprar.

Verifique a documentação do vendedor e a do imóvel

Essa é uma das etapas para comprar um imóvel mais importante. Se você estiver comprando diretamente com o vendedor, consulte o número de matrícula do imóvel no Cartório de Registro de Imóveis. Assim, você poderá ver se a propriedade está mesmo em nome de quem a vende. Essa comprovação é feita por meio de certidões negativas e outros documentos.

Assine o contrato de compra e venda

Após a checagem dos documentos, é hora de assinar o contrato. Esse documento deve conter todas as informações do comprador, do vendedor e do imóvel. Ademais, a negociação (forma de pagamento, penalidades em caso de inadimplência etc.) deve constar, de forma clara, nesse escrito.

Existem modelos de contrato disponíveis na internet, mas é recomendado que você procure a consultoria de um advogado para que ele verifique se o documento foi redigido de forma correta.

Para ser reconhecido legalmente, o Contrato de Compra e Venda deverá ser lavrado em um Cartório de Notas. Nesse local, o escrivão confirmará se as informações descritas no documento são verdadeiras por meio de uma consulta aos documentos citados.

É esse processo que é chamado de “Escritura do Imóvel”. Caso você esteja comprando seu imóvel usando um financiamento, o contrato emitido pelo banco substitui a escritura.

Registre o Imóvel

Cada imóvel possui um número único de registro em um determinado cartório de imóveis da cidade. Esse registro conta a história dessa propriedade. O comprador deverá levar a escritura ou o contrato de financiamento até esse local para poder incluir no registro do imóvel a informação de que ele passou a ser proprietário daquele bem.

Após a quitação do seu financiamento imobiliário, lembre-se de voltar ao Cartório de Registro de Imóveis para atualizar essa informação.

Como vimos neste artigo, são muitas as etapas para comprar um imóvel, não é verdade? Apesar disso, ao segui-las o comprador terá mais clareza e segurança durante a negociação.

Lembre-se que a Escritura e Registro de Matrícula geram gastos relacionados às taxas e impostos, como o ITBI. Por isso, faça uma consulta desses valores na sua cidade para não ser pego de surpresa. Essa informação pode ser acessada no site do seu município.

Gostou do conteúdo? Para se profundar ainda mais no assunto, descubra agora quais são as principais taxas ao comprar um imóvel!

Powered by Rock Convert
Autor

Escreva um comentário

Share This