Na hora de decorar uma casa ou apartamento, é normal que as pessoas pensem em alguns detalhes, como a cor das paredes, a disposição dos móveis e mais uma série de elementos que fazem toda a diferença em um projeto de interiores. Contudo, um ponto quase nunca explorado pelos moradores é a importância da luz natural nos espaços internos.

A princípio, você pode imaginar que a iluminação serve apenas para deixar os ambientes mais claros, não é mesmo? No entanto, já adiantamos que os seus benefícios vão muito além disso, proporcionando uma boa economia de energia.

Pensando nisso, e para que você fique por dentro do assunto, criamos um post exclusivo com tudo o que você precisa saber para começar, desde já, a aproveitar essas vantagens em todos os cômodos da sua residência. Acompanhe a leitura!

Qual a importância da luz natural nos ambientes

Como você já pode imaginar, uma boa iluminação é fundamental para todo e qualquer espaço. Afinal, deixa os ambientes ficam bem claros e, consequentemente, temos mais facilidade para realizar uma série de atividades cotidianas — evitando, inclusive, acidentes domésticos graves.

Por essa razão, em todas as casas há instalações elétricas, como lustres, luminárias, abajures e outros equipamentos próprios para deixar o local bem iluminado.

Mas, além de contar com esses itens modernos, você já imaginou aproveitar, ao máximo, a iluminação natural presente na sua casa? Ou seja, em vez de gastar uma boa quantidade de energia diariamente, é possível utilizar a luz direta do sol, normalmente nos períodos da manhã e tarde, fazendo com que cada cantinho do lar fique mais claro e agradável.

Como favorecer a iluminação com a arquitetura

Atualmente, existem diferentes maneiras de utilizar essa luminosidade nos ambientes internos, principalmente se você investir na arquitetura planejada. Abaixo, mostramos os principais caminhos utilizados pelos profissionais da área.

Vidros

Para que o cômodo fique bastante iluminado, muitos arquitetos apostam em janelas, portas e outras estruturas de vidro. Além de ser um material extremamente resistente, o vidro consegue filtrar todo o calor do espaço, permitindo que somente a iluminação entre nas áreas internas.

A boa notícia é que o vidro é bem versátil e pode ser encontrado em diferentes tonalidades e acabamentos, como é o caso dos modelos foscos e esverdeados, sendo ideal para quem deseja mais privacidade e sofisticação no projeto arquitetônico.

Claraboia

Você já ouviu falar na claraboia? Caso não saiba, esta é uma abertura, localizada no topo das casas e que tem uma única finalidade: facilitar a entrada de luz natural e ventilação no ambiente.

Esse detalhe é incluído em construções com pouca iluminação ou que tenham uma metragem muito grande. Em algumas situações, a claraboia também ajuda a diminuir o peso do teto sobre os pilares de uma edificação, oferecendo, assim, mais segurança e resistência para a obra.

Fachadas envidraçadas

As fachadas envidraçadas, ou “peles de vidro”, como o nome já diz, são placas de vidro que servem para substituir as paredes de uma construção. São opções perfeitas para facilitar a entrada de iluminação solar e, de quebra, deixar a construção mais bela e sofisticada.

No mercado, existem diversos modelos de placas, que é o caso do vidro laminado e temperado. De acordo com as necessidades do morador, também é possível optar por modelos ainda mais resistentes e que conseguem proteger os cômodos contra os efeitos dos raios do sol.

Jardim de inverno

O famoso jardim de inverno é uma solução pra lá de charmosa para quem deseja caprichar no projeto de decoração e, ao mesmo tempo, aumentar a iluminação dentro de casa. São jardins projetados nos ambientes internos, que ficam envoltos por paredes de vidro, seja a partir do teto ou de uma janela.

E o melhor? Você ainda poderá aproveitar o espaço para montar um pequeno jardim e levar mais verde para a sua residência. Fica lindo!

Quais são os benefícios da luz natural

Agora que você já entendeu a importância da luz natural para os ambientes, que tal conhecer a fundo os benefícios de viver em uma residência bem iluminada? Olha só!

Economia de energia elétrica

A primeira vantagem para quem prioriza a luz natural em casa está na economia de energia. Isso mesmo! Ao manter os seus cômodos mais clarinhos, você diminuirá, automaticamente, o uso das lâmpadas que ficarão ligadas durante o dia. No fim do mês, o valor gasto com energia será muito menor — e o seu bolso vai agradecer!

Conforto visual

Um cômodo bem iluminado proporciona mais conforto visual e bem-estar aos moradores de uma residência. Isso porque você terá mais facilidade para ler um livro, cozinhar, organizar a casa e realizar outras tarefas que exijam a sua concentração.

Mais saúde para os moradores

Os fungos e bactérias adoram se proliferar em ambientes úmidos e escuros. Por isso, a melhor maneira de prevenir a presença desses micro-organismos no seu espaço é mantendo todos os cômodos bem iluminados.

Inclusive, com uma boa iluminação natural, o seu organismo consegue absorver mais vitamina D, um nutriente importantíssimo e capaz de melhorar o nosso desempenho mental e físico, fortalecendo todos os ossos do corpo.

O que determina a Norma de Desempenho NHO 11

A importância da iluminação natural é tamanha que, em 2014, o Ministério do Trabalho elaborou a Norma de Desempenho NHO 11. O objetivo é analisar e fiscalizar se os sistemas de iluminação estão instalados corretamente nos ambientes, principalmente, nas empresas e espaços comerciais.

Esse cuidado permite que cada cômodo de uma construção seja mais seguro para os indivíduos, além de apresentar uma boa redução de custos no consumo de energia. Para garantir que um espaço esteja adequado à Norma de Desempenho, a dica é contratar os serviços de um profissional da área, como o arquiteto ou engenheiro.

Ao conferir o local, o especialista deverá observar a disposição do sistema de iluminação, a tecnologia das lâmpadas e a entrada de luz natural. Vale a pena!

E então, gostou de entender melhor a importância da luz natural na sua casa? Para continuar se aprofundando no assunto, assine já a nossa newsletter e receba dicas e notícias em primeira mão!

Autor

Escreva um comentário

Share This