Muita gente deixa a decoração da casa ou do apartamento de lado por falta de tempo ou pelo pouco orçamento restante. Como consequência, o imóvel fica sem vida e se transforma em um ambiente frio. Mas, acredite: tem como decorar gastando pouco e conseguir um belo resultado. O seu bolso e a sua residência agradecem!

É natural nos encantarmos com as maravilhas que vemos nas revistas e nos sites e blogs sobre decoração. A decepção bate quando vamos checar o nosso orçamento. Se você já passou por essa situação, chegou a hora de dar a volta por cima. Neste artigo, separamos 7 dicas de como decorar gastando pouco. Vamos lá!

Afinal, como decorar gastando pouco?

Para muitas pessoas, adquirir a casa própria significa a conquista da independência financeira, o início de uma vida em família ou, ainda, a concretização de um grande sonho. Seja qual for o seu caso, você precisa dar o próximo passo e deixar seu lar bonito e confortável. Melhor ainda se der para economizar, não é mesmo? Veja como.

1. Reutilize materiais

No universo da decoração com orçamento limitado, a reutilização é palavra de ordem. Ao investir nessa prática, não haverá necessidade de comprar móveis e acessórios, e você ainda dará uma cara nova à mobília antiga.

Essa reutilização também pode ser feita a partir do uso de garrafas de vidro como luminárias, por exemplo. Outra ideia bacana é utilizar malas ou revistas empilhadas como uma mesa de cabeceira.

Não se preocupe se você não tem dons artísticos e manuais: a reutilização de materiais pode ser bastante simples. Realize uma busca de tutorais no YouTube, e se encante com as diversas opções dessa primeira dica.

2. Coloque papel de parede autoadesivo

O papel de parede autoadesivo é uma ótima vantagem para quem quer mudar as cores da parede, modernizar o ambiente ou, também, para quem tem o interesse em diferenciar os cômodos do imóvel.

De fácil colocação e com preços que cabem no bolso, esse tipo de papel é vendido em rolo, a partir da metragem necessária. Ele pode ser estampado e também imitar texturas. Por isso, surge como uma opção para quem não pretende gastar muito dinheiro na decoração da casa dos sonhos.

3. Invista em acessórios decorativos

Os acessórios são essenciais para uma decoração harmoniosa e interessante. De quebra, a partir das características dos moradores, eles auxiliam na criação de um ambiente único e personalizado.

Usar, por exemplo, porta-retratos com as fotos da família é uma ideia barata e que deixa o imóvel aconchegante. Pendurar quadros, quadrinhos decorativos — com frases de filme ou desenhos — ou usar almofadas diferentes também tornam qualquer cômodo muito mais gracioso.

4. Restaure móveis

A restauração de móveis é um passo a mais no contexto de reutilização de materiais. É que essa dica envolve colocar a mão na massa (literalmente!) e transformar a mobília antiga. Dá para aplicar uma nova cor ou novas estampas, assim como alterar o seu estilo.

Para mudar de cor, bastam uma lata de tinta e um pincel. Para quem deseja imprimir um aspecto retrô, lixar o móvel e aplicar verniz cumprem bem esse papel. Por fim, a decupagem é uma técnica para adesivar o móvel — você pode usar papel de jornal, cartolina colorida ou outro tipo de papel.

Pesquise essas técnicas na internet e saiba exatamente qual delas aplicar naquela cômoda herdada da sua avó.

5. Faça nichos de caixotes

Os caixotes de feira são materiais baratos e, muitas vezes, podem ser obtidos de forma gratuita, considerando que muitos deles são desprezados pelos feirantes depois de um tempo de uso.

Fazer nichos com esses caixotes é uma ideia de decoração barata e, ao mesmo tempo, personalizada. Esses itens podem ser usados de inúmeras maneiras: como nichos organizadores, como estantes ou simplesmente para acomodar seus livros de cabeceira.

Para colocar os caixotes na parede, basta contar com uma furadeira de qualidade e com o mapa hidráulico do imóvel. Assim, você diminui o risco de furar um cano.

6. Use pallet em vários cômodos

Usar pallet pode fazer uma diferença e tanto no seu bolso. Feito do mesmo material dos caixotes de feira, ele tem uma grande vantagem: a sua versatilidade. Comprar esse artigo é garantia de uma decoração prática a personalizada!

Nos quartos, o pallet pode ser usado como a base para colchões, funcionando como uma cama bem diferente — porém, mais baixa do que as camas tradicionais. Na sala, ele é utilizado para acomodar almofadões ou, mesmo, colchões mais grossos, justamente para cumprir a função do sofá.

Ainda nas salas e, também, nas varandas, ele pode ser usado como uma mesinha de centro, ideal para apoiar copos quando você receber visitas. E, por fim, se usado de forma vertical, o pallet se transforma em um apoio para plantas, a partir da confecção de um jardim vertical.

7. Dê o toque final com plantas

As plantinhas podem dar o toque final para uma decoração bonita e barata. Como existe uma variedade de espécies no mercado, é possível encontrar os vasos de sua preferência.

Gosta do ambiente mais colorido? Adquira plantas que dão flores, como violetas, margaridas, girassóis e lírios. Agora, se na sua casa as pessoas são muito atarefadas, prefira espécies que requerem cuidados mínimos, como bambus e samambaias.

Considere também os cactos, que são mais verdinhos e têm pequenos espinhos. Uma boa ideia é colocar os menores nas cabeceiras e nas cômodas, e usar os maiores como parte da decoração da sala e da varanda. Apenas evite esse tipo de planta se você tiver filhos pequenos, a fim de prevenir possíveis acidentes com os espinhos.

Saber como decorar gastando pouco não é um bicho de sete cabeças. Pelo contrário! Essa tarefa pode ser simples se você buscar inspirações e se organizar. Procure ideias, veja tutoriais na internet e use o nosso post como seu aliado nessa missão. Economize dinheiro, arregace as mangas e boa sorte!

Gostou do nosso artigo? Aproveite a visita para conferir 10 dicas de decoração de quarto de casal pequeno e dê uma cara nova a esse cômodo.

Autor

Escreva um comentário

Share This