Quando se pensa em decoração, o foco não deve ser apenas na estética, afinal, deixar a casa ou o cômodo agradáveis para que moradores e visitantes sintam-se bem é um dos objetivos. E para decorar quarto de criança não é diferente: é preciso ter foco nas necessidades deles, pois a decoração influencia o humor e bem estar dos pequenos.

Nesta caso, além de agradável e funcional, o cômodo deve também primar pela segurança, pois é nele que a criança passará boa parte do seu dia. Confira neste post algumas dicas sobre o que considerar na hora de planejar a decoração de um quarto infantil.

1. Respeite as preferências das crianças

As crianças têm seus gostos e suas preferências também quando o assunto é decoração. Por isso, antes de definir o projeto, é preciso escutá-las e compartilhar com elas ideias e propostas. Ouça suas sugestões e seus pedidos e tente atendê-los na medida do possível.

Se a sua opção for por uma decoração temática, é preciso ter certeza de que o tema escolhido realmente agrada ao dono do quarto. O uso de cores e de personagens, que darão o toque personalizado ao cômodo, precisa ser combinado. Claro que nem todos os desejos da criança poderão ser atendidos, seja por questões de segurança ou mesmo de orçamento. Neste caso, pode-se explicar as razões do impedimento e negociar alternativas viáveis.

2. Defina uma cartela de cores

Na hora de escolher as cores do quarto do seu filho, seja criativo e fuja dos estereótipos. A velha regra do rosa para meninas e azul para meninos está ultrapassada já faz um bom tempo. A ordem agora é atender a personalidade da criança independentemente de sua idade ou sexo.

Cores mais neutras podem ser utilizadas para se ajustarem a alguma decoração mais lúdica, com temas de animais ou de esportes, por exemplo, se estes forem os gostos do dono do quarto. Os toques coloridos podem ser inseridos por meio de móveis e acessórios, como tapetes, almofadas e cortinas, por exemplo.

3. Preste atenção na segurança

Um aspecto indispensável para se considerar ao pensar na decoração de quarto infantil diz respeito à segurança. Lembre-se que é neste espaço que as crianças passarão boa parte do seu dia, entre momentos de estudo, lazer e brincadeiras. Logo, é preciso diminuir o risco de acidentes.

Entre os itens que devem ser observados estão móveis com cantos arredondados e posicionados junto às paredes, proteção nas tomadas elétricas e roupas de cama produzidas com tecidos não inflamáveis. Também fique atento com a altura de nichos e prateleiras onde ficarão livros e brinquedos, pois ao tentar pegá-los, a criança pode sofrer quedas. As janelas devem ser protegidas com telas e as portas precisam ser dotadas de travas de segurança.

4. Tenha cuidado com a iluminação

Para dar vida e alegria ao quarto de criança, é indispensável que ele tenha uma boa iluminação. E se o cômodo recebe boas quantidades de luz natural, melhor ainda. Neste caso, cuide para não criar obstáculos que dificultem que a luz entre pelas  janelas, como cortinas pesadas.

Se o seu pequeno ainda tem medo do escuro, uma boa alternativa é utilizar luminárias com design destinado ao público infantil, que podem ter estampas mais divertidas ou com estampas do personagem preferido da criança. Estes pontos de luz podem ser posicionados junto à cama ou distribuídos pelo quarto, usando iluminação com LED, por exemplo.

No caso dos bebês, você pode optar entre duas formas de iluminação: mais centralizada, em uma luminária de teto, ou de pontos laterais, de forma mais indireta. Assim, você cria um ambiente mais suave para aqueles momentos de cuidados noturnos. Na medida em que ele cresce, você pode substituir esta iluminação.

5. Crie um espaço para brincadeiras

Para a criança, o quarto é o local preferido da casa. Além de simplesmente dormir, ele serve para brincar, estudar, receber os amigos, etc. Por isso, deve ser um cômodo não apenas funcional, mas também divertido. R para criar este clima, você pode criar espaços ou nichos destinados a cada uma das atividades.

Um cantinho de estudos, por exemplo, com um escrivaninha, computador e o material escolar vai muito bem. Também é possível pensar em uma área para brincar. Esta pode ser delimitada com tapetes divertidos. Para os menores, pode ser aqueles feitos de EVA. Os brinquedos mais utilizados pelas crianças completam este ponto da decoração.

6. Utilize móveis funcionais

Na escolha dos móveis é interessante pensar em alguns aspectos como funcionalidade, facilidade de limpeza e manutenção. Tudo para que o quarto da criança seja prático e o mais aproveitável possível. Você pode utilizar peças com baús, excelentes para organizar brinquedos, e pufes, que costumam fazer sucesso entre os pequenos.

Os nichos também são bastante úteis para organizar livros e brinquedos como carrinhos e bonecos sem ocupar muito o espaço do quarto. Já a televisão, o videogame e o computador são equipamentos que exigem uma área específica, considerando que seu uso é mais frequente. Escrivaninhas e racks são boas opções nestes casos.

7. Seja criativo nos quartos compartilhados

Quando irmãos compartilham o quarto, a decoração pode ser mais desafiadora. Especialmente se eles tiverem gostos divergentes ou mesmo distância considerável entre as idades. O ideal é que, na medida do possível, cada um tenha o seu espaço e nele possa imprimir a sua cara. A decoração ideal vai depender muito do espaço disponível e das atividades desenvolvidas pelas crianças, sempre lembrando que é preciso reservar espaços para brincadeiras e para os estudos.

Um dos desafios nestes casos é como organizar as camas infantis. Mas há várias opções no mercado. Se houver mais espaço, pode-se utilizar camas individuais, de dimensões reduzidas. Se a área for menor, uma alternativa são as bicamas, que permitem esconder uma delas durante o dia. Beliches e camas embutidas também podem ser soluções.

Como você pode ver, decorar quarto de criança pode ser uma tarefa bastante divertida e prazerosa, especialmente quando se faz isso com a participação dos próprios donos do quarto. Assim, se garante um espaço aconchegante e seguro, preparado e equipado para a rotina dos pequenos.

O que você achou das nossas dicas? Se você gostou delas, que tal compartilhar este post em suas redes sociais e ajudar seus amigos na decoração de um quarto infantil?

Powered by Rock Convert
Autor

Escreva um comentário

Share This