Comprar a casa própria é a conquista mais importante que uma família pode almejar. Um bom imóvel deve atender às necessidades, satisfazer os desejos e ainda ter potencial de valorização, em longo prazo, no mercado imobiliário — tudo isso dentro de uma faixa de preço definida previamente.

Além do mais, precisa estar com a documentação em dia, bem como ter os impostos e os tributos devidamente quitados. Com tantos pontos a considerar, a importância da imobiliária na busca pelo “lar doce lar” é inegável!

Se você não tem experiência no segmento, mas deseja aprender como fazer um negócio sem erros, acompanhe este post e descubra as vantagens de contar com a ajuda de um profissional. Vamos lá?

Qual é o papel da imobiliária no processo de compra de um imóvel?

Sabe aquela história de que quem está de fora consegue avaliar melhor uma situação do que quem está diretamente envolvido? É o que acontece na aquisição de um imóvel.

Na ânsia de sair do aluguel e se mudar para a casa própria, os candidatos a futuros proprietários podem deixar passar pontos importantes e, muitas vezes, determinantes para o bem-estar e a qualidade de vida da família.

O papel da imobiliária, graças a sua expertise, é ajudá-los a obter o melhor custo/benefício. Para tal, designa um corretor que tem a missão de entender os clientes para, então, atendê-los da melhor forma possível.

Contar com a consultoria de um profissional bem preparado ajuda os clientes a definirem as prioridades para, a partir delas, encontrarem, juntos, os empreendimentos mais adequados — inclusive dentro do Minha Casa Minha Vida.

Atualmente, há construtoras e incorporadoras, reconhecidas pelo padrão de excelência, que oferecem lançamentos com infraestrutura de lazer completa dentro do programa de habitação promovido pelo Governo Federal, com o diferencial de ficarem em regiões bem localizadas.

Assim, a imobiliária atua para que os clientes tenham maior assertividade naquela que é a aquisição mais importante da sua vida.

Quais são as vantagens de contar com o serviço de uma imobiliária?

A orientação antes, durante e depois da compra, especialmente para quem está negociando o primeiro imóvel, é indispensável. Veja seis motivos que a comprovam:

1. Portfólio diversificado

A imobiliária conta com uma ampla variedade de imóveis, entre casas e apartamentos de tamanhos variados. Ou seja, a chance de encontrar um que seja ideal para o perfil e orçamento da sua família é bem maior do que quem sai à procura por conta própria.

Por exemplo: existem imóveis com um, dois ou até três dormitórios; com opção de terraço ou garden; com ou sem elevador; com ou sem vaga na garagem; próximos às linhas da CPTM e do metrô; e muito mais.

2. Visitas orientadas

Graças à mediação do corretor durante as visitas aos imóveis, pode-se notar aspectos urbanísticos e arquitetônicos que passariam despercebidos aos olhares leigos — e estes detalhes vão de barulhos nas vias próximas à qualidade dos acabamentos.

Além disso, os clientes não perdem tempo visitando imóveis que não satisfaçam suas necessidades.

3. Documentos em ordem

O departamento jurídico da empresa deixa toda a documentação dos imóveis em ordem, devidamente atualizada e regularizada, à espera do futuro proprietário. Com isso, há mais rapidez e segurança na assinatura do contrato.

Afinal, umas das vantagens de contar com uma boa imobiliária é não ter de lidar com imóveis com problemas na documentação.

4. Avaliação e preço justos

A imobiliária faz uma avaliação dos imóveis sob seus cuidados, para que tenham um custo/benefício adequado às necessidades e expectativas particulares de cada cliente.

Por exemplo: para algumas pessoas, como tabagistas, é importante ter um terraço; já para quem tem animais de estimação, um garden pode ser o modelo de planta ideal.

5. Melhores condições de financiamento

Após efetuar a proposta de compra, a imobiliária oferece toda a assistência para que o cliente tenha o seu financiamento aprovado junto ao banco, assumindo o papel de um agente facilitador.

Para isso, solicita as documentações pertinentes e acompanha todo o processo até a assinatura do contrato de financiamento.

6. Mais comodidade

Quem elabora o Instrumento Particular de Compra e Venda, documento no qual são descritos e lavrados os termos, valores, condições e formas de pagamento acordados entre as partes, bem como as cláusulas legais, é o departamento jurídico do vendedor.

A imobiliária traz transparência ao conteúdo dessas cláusulas contratuais, explicando-as detalhadamente para o cliente, sem omitir a existência de riscos embutidos.

Por exemplo: o cliente passa a conhecer e entender todas as taxas que incidirão durante o processo, quais são as consequências de um distrato, o que acontece em caso de atrasos ou da não entrega da obra, o que as garantias cobrem etc.

Dada à importância da imobiliária, como escolher uma boa empresa?

Vale a pena saber o tempo que a imobiliária tem de atuação no mercado e como é a sua credibilidade no ramo. Pedir a opinião de clientes atuais e antigos é, sem dúvida, uma das maneiras mais eficientes de investigar a qualidade dos serviços prestados.

Também é importante checar as redes sociais da empresa, analisando as avaliações deixadas pelos usuários, bem como as reputações em sites de reclamação ligados aos direitos do consumidor.

Ter corretores atenciosos e bem-dispostos, que não se cansem de procurar pelo imóvel ideal e aceitem fazer visitas fora do horário comercial, faz parte do serviço de uma imobiliária competente.

Além disso, de acordo com a Lei Federal 6530/78, é preciso que os profissionais estejam habilitados legalmente e possuam credencial do Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci).

A legislação determina que apenas corretores com Creci podem intermediar imóveis de terceiros, sejam rurais ou urbanos, no Cartório de Registro de Imóveis municipal. Por isso, é importante checar se a imobiliária está com o seu Creci ativo.

Quais são os riscos de comprar um imóvel sem a assessoria de uma imobiliária?

Quem opta por fazer um negócio dessa magnitude por conta própria, sem contar com amparo profissional, corre o risco de cair em um golpe, perdendo tempo, dinheiro e tendo de conviver por muito tempo com as consequências de ter feito uma escolha ruim.

Os problemas vão de dificuldades operacionais às jurídicas e administrativas, estendendo-se após a compra. Além do estresse, os planos familiares são afetados e todo um planejamento de vida precisa ser adiado.

Na busca por uma oportunidade de investimento imperdível, que se transformará no primeiro patrimônio da sua família, a importância da imobiliária é clara. Tanto que, quem vive da compra e venda de imóveis, bate no peito para falar que os benefícios de fazer um bom negócio não têm preço.

Se você aproveitou este conteúdo e quer acompanhar mais dicas sobre o universo imobiliário, siga nossa fanpage no Facebook!

Powered by Rock Convert
Autor

Escreva um comentário

Share This