Os centros urbanos apresentam uma série de problemas sociais e econômicos que dificultam muito a vida de seus habitantes. A poluição, a criminalidade e o estresse são alguns entraves recorrentes no cotidiano de uma cidade grande e comprometem a qualidade de vida de quem mora nas metrópoles.

Parte da população prefere o agito e a movimentação dos grandes centros urbanos. No entanto, muitas pessoas consideram a possibilidade de adquirir um imóvel localizado em uma região mais afastada das áreas centrais, em busca de mais tranquilidade.

A possibilidade de viver mais distante do centro, sem o trânsito excessivo e os tumultos habituais de uma cidade grande, se torna bastante atrativa para quem procura por paz e sossego. Há muitos pontos positivos em se viver fora das regiões centrais.

No artigo de hoje, veremos as vantagens da localização do imóvel longe do centro. Confira!

Maior tranquilidade

O centro urbano é marcado pelo barulho excessivo vindo do trânsito e do movimento diário das pessoas nas ruas. Infelizmente, esse caos das grandes cidades já faz parte do cotidiano de seus moradores.

Assim, migrar para uma moradia longe do centro é uma forma de fugir de toda essa confusão e encontrar paz. Para quem deseja um dia a dia mais tranquilo, as regiões mais afastadas são ideais por serem predominantemente residenciais, além de contarem com mais:

  • áreas verdes;
  • locais públicos seguros de lazer;
  • vizinhanças amistosas etc.

Mais qualidade de vida

Grandes cidades sofrem com a poluição causada pela indústria e pelo trânsito, o que acaba afetando a saúde de seus habitantes. Os cidadãos inalam diariamente poluentes dispersos no ar e acabam contraindo doenças respiratórias, como asma e bronquite.

Os centros urbanos também se caracterizam por serem grandes geradores de estresse. Os engarrafamentos, por exemplo, podem transformar pessoas calmas em indivíduos impacientes e nervosos. Já nas cidades periféricas, no entanto, há muito mais espaços de lazer e ambientes naturais tranquilos, que ajudam a preservar a saúde mental e a qualidade de vida dos seus moradores.

Infraestrutura completa

Engana-se quem pensa que as moradias mais distantes dos centros urbanos são completamente isoladas e sem recursos próprios. Pelo contrário, as cidades localizadas no entorno das grandes metrópoles têm se tornado cada vez mais independentes, reunindo a tranquilidade de um interior com a praticidade e facilidade de acesso a recursos típicas dos centros urbanos.

Morando em uma casa mais afastada, é possível viver bem com tudo o que se precisa por perto. Além disso, existe a vantagem de estar longe do barulho e confusão recorrentes do centro. Há disponibilidade de infraestrutura de qualidade presente por meio de estabelecimentos essenciais para se viver, como:

  • hospitais;
  • escolas;
  • mercados etc.

Economia na compra do imóvel

O imóvel longe do centro acaba se tornando mais barato, por causa de sua localização. Com propostas acessíveis ao comprador, essas propriedades são bastante econômicas, já que estão em cidades periféricas que não competem por espaço com as empresas, como ocorre normalmente em uma cidade de grande porte.

Ao economizar adquirindo um imóvel afastado do centro urbano, você pode utilizar o restante do dinheiro guardado para concretizar outros sonhos, como comprar um carro novo ou mesmo investir em um segundo imóvel. O benefício econômico também é sentido na compra de produtos mais baratos vendidos que são oferecidos nos mercados locais.

Maior espaço e conforto

Em centros urbanos, o espaço para moradia costuma ser bem caro e disputado. Já nos municípios do entorno das grandes metrópoles, o preço do imóvel tende a ser inferior. Com procura menor do que no centro, essas regiões mais afastadas conferem mais espaço e conforto para os seus moradores.

Caso deseje, a família pode, inclusive, adotar um animal de estimação, prática abonada em determinados condomínios fechados do centro.

Melhores índices de segurança

A criminalidade é um grave problema dos centros urbanos, que são conhecidos pelos seus altos índices de violência. A aglomeração de pessoas e a desigualdade social se tornam, muitas vezes, um estímulo para atividades criminosas.

Dessa forma, o morador da cidade, infelizmente, vive com uma frequente sensação de insegurança e tem medo de sair às ruas, sem garantias de que voltará para casa ao final do dia.

Já em cidades menores afastadas do centro, ocorrências como roubos, sequestros e assaltos à mão armada são bem menos frequentes. Nessas comunidades, existem redes de vigilância mais eficientes, o que garante mais tranquilidade e segurança no dia a dia dos moradores.

Mais socialização entre moradores

Em geral, quem escolhe viver fora da cidade grande está buscando fugir do barulho e agito urbano excessivos e parte em busca de um ambiente mais confortável e pacato.

Diferentemente das regiões centrais, em que não há muita confraternização entre vizinhos, as áreas periféricas distantes do centro tendem a valorizar mais as interações sociais e a participação em atividades locais.

Sendo assim, a comunidade costuma compartilhar esse valor participativo, buscando sempre preservar o seu bem-estar comum. O senso comunitário se desenvolve de maneira bastante forte, e as pessoas se unem para tornar o local em que vivem — no qual quase todos se conhecem — um lugar melhor, participando mais da vida pública.

Como visto ao longo deste artigo, a localização do imóvel longe do centro traz uma série de benefícios ao morador. Optar em viver em uma cidade-satélite é uma maneira de promover significativamente sua própria qualidade de vida e bem-estar.

O cenário é perfeito para quem procura por um estilo de vida com menos agitação e mais tranquilidade. Vale lembrar ainda que valorizar o conforto residindo longe do centro não significa se privar dos melhores serviços.

Morando em uma região metropolitana, você conta com mais tranquilidade e espaço para viver e está relativamente perto do centro, caso trabalhe ou estude em uma capital, por exemplo. Além disso, a socialização também tem um ganho considerável. Em uma cidade menor, a vizinhança é muito mais amistosa e aberta para conversa do que nas grandes cidades, onde as pessoas são mais fechadas por conta do medo e da insegurança.

Gostou do nosso artigo com vantagens de viver em um imóvel longe do centro? Estamos nas redes sociais. Siga nossa página no Facebook e acompanhe nossas novidades.

Powered by Rock Convert
Venosa
Autor

Blog da Venosa. Tudo para Realizar o Sonho da Casa Própria, dentro das faixas do Minha Casa Minha Vida.

Escreva um comentário

Share This