Comprar imóvel na planta pode ser um ótimo negócio, especialmente se levarmos em conta aspectos como o potencial de valorização e as condições de pagamento. Há, no entanto, algumas desvantagens em relação aos usados que precisam ser avaliadas antes de se fechar o negócio.

Em determinadas situações, como quando há urgência de se ocupar o imóvel, por exemplo, optar por uma casa ou um apartamento que ainda estão em construção pode não ser a melhor opção.

Neste post, destacamos alguns cuidados necessários na hora de avaliar se comprar imóvel na planta é mesmo a melhor alternativa. Confira!

Vantagens de comprar imóvel na planta

Potencial de valorização
Adquirir um imóvel na planta é uma operação que sempre envolve algum risco, já que seu dinheiro será investido em um bem que ainda não existe. Por isso, as construtoras, que precisam da venda para financiar a obra, são mais flexíveis em relação ao valor.
Assim, as unidades adquiridas na planta geralmente são investimentos mais rentáveis. É bem provável que até a data da entrega do imóvel elas já tenham sido valorizadas em relação ao preço pelo qual foram negociadas. Essa valorização dependerá da localização, da infraestrutura urbana e do momento de mercado.
Portanto, se o retorno do investimento é uma variável importante para você, comprar imóvel na planta é uma boa escolha.

Pagamento facilitado
Da mesma forma que negociam o valor final, as construtoras também costumam facilitar a forma de pagamento dos imóveis comercializados na planta. Negociar diretamente com a construtora permite driblar a burocracia e algumas exigências feitas pelas instituições bancárias que financiam a compra de imóveis.
Até a entrega das chaves, o valor pago é reajustado apenas pelo Índice Nacional da Construção Civil (INCC), uma espécie de inflação do setor. Após a entrega, ainda havendo saldo em aberto, o valor poderá ser negociado diretamente com a construtora ou com o banco.

Projeto moderno
Quando você adquire um imóvel novo, recém-planejado e ainda em construção, é possível saber se ele se trata ou não de um projeto moderno, adequado às demandas das famílias dos dias de hoje. Mesmo que sejam imóveis menores, há outras características que os tornam mais atraentes. A área de lazer dos condomínios, soluções elétricas e hidráulicas modernas que ajudam a diminuir contas de consumo, wi-fi nas áreas comuns, por exemplo, ou a possibilidade de dispor de um número diferenciado de vagas de garagem.
Uma deficiência da maioria dos imóveis mais antigos e que não ocorre nos imóveis novos diz respeito às instalações elétricas. Atualmente, aumentou bastante a demanda por acesso à energia e às redes de dados. Projetos novos já preveem essa e outras necessidades dos moradores.

Possibilidade de customizar o imóvel
Em alguns casos, ao comprar imóvel na planta, é possível solicitar que a construtora faça alguns ajustes — mas sempre de acordo com as possibilidades do projeto. Assim, ainda durante a obra, o comprador poderia escolher os tipos de acabamentos ou revestimentos, por exemplo. Em alguns empreendimentos, é possível personalizar até mesmo a disposição de alguns cômodos.
Adquirindo um imóvel já pronto, qualquer dessas alterações demandaria mais obras e mais custos ao comprador.

Desvantagens de comprar imóvel na planta

Problemas na obra
Como abordamos no início do texto, comprar imóvel na planta é uma operação que envolve risco, pois o investimento está sendo feito em algo que ainda não existe. A construtora pode não conseguir imprimir o ritmo prometido à obra, o que, com certeza, vai gerar atrasos. Em situações extremas, como na falência da construtora, por exemplo, você pode ter grande dificuldade de recuperar seu capital investido.

Dimensões do imóvel
Salvo os empreendimentos de alto padrão, a maioria dos imóveis novos tem metragem reduzida em comparação com os antigos de mesma categoria. Todos os cômodos são menores, especialmente os dormitórios e as áreas de serviço. Geralmente, os condomínios oferecem boa infraestrutura, especialmente no que se refere às áreas de lazer. Se um imóvel com ampla área privativa é algo imprescindível para você, uma unidade antiga pode ser a melhor opção.

Espera pela entrega
Ao comprar um imóvel na planta, você adquire um bem que só receberá depois de um determinado prazo — e que pode ser estendido por conta de eventuais atrasos na obra. Durante esse tempo, você terá despesas com a sua atual moradia e também com o pagamento do novo imóvel. Essa situação pode ficar pesada para o seu orçamento.

Localização
Especialmente nos grandes centros urbanos, os espaços considerados privilegiados, como aqueles próximos ou com fácil acesso às áreas centrais da cidade, já se encontram ocupados. Logo, os novos empreendimentos se instalam em uma localização mais afastada. Geralmente, a ocupação dessas áreas é acompanhada de toda a infraestrutura de serviços, como mercados, farmácias etc. Para quem faz questão de ficar próximo ao centro, as opções de imóveis novos são menores e mais caras.

Cuidados ao comprar um imóvel na planta

Para se proteger dos riscos de investir em um imóvel na planta, é preciso tomar alguns cuidados que devem ser observados antes da assinatura do contrato. Entre eles, podemos sugerir:

Informe-se sobre a construtora
É preciso ter certeza sobre a seriedade e a capacidade técnica da construtora antes de adquirir o imóvel. Busque referências, pesquise na internet e, se possível, converse com seus antigos clientes para saber se tudo correu bem.

Conheça a obra
Um erro ao comprar imóvel é acreditar em tudo o que a construtora promete em relação ao empreendimento. Visite a obra para verificar se o cronograma está sendo seguido e se o empreendimento condiz com o que foi informado.

Analise a documentação
Ao negociar a compra, estude o memorial descritivo da obra, documento que deve contar com todos os detalhes sobre o empreendimento. Peça também para ver a matrícula atualizada do terreno, para verificar se a propriedade do imóvel é realmente da construtora, se a incorporação foi devidamente registrada na matrícula e dessa forma evite problemas futuros.

Fique atento às condições do negócio
Analise com calma o contrato de aquisição do imóvel na planta, pois nele devem constar todas as condições do negócio. Desde a descrição detalhada do imóvel até a forma de pagamento, tudo deve estar claro no documento. Dedique especial atenção à forma de pagamento do saldo após a entrega das chaves, para que aquela prestação pequena paga durante a obra não se transforme em um compromisso maior que suas possibilidades.
Como você percebeu, a decisão de comprar imóvel na planta deve ser resultado de pesquisa e planejamento. Com isso, é possível ter a certeza de fazer o melhor investimento.

Aliás, aproveite para conferir nosso artigo sobre os benefícios de se investir em imóveis. Boa leitura!

 

Venosa
Autor

Blog da Venosa. Tudo para Realizar o Sonho da Casa Própria, dentro das faixas do Minha Casa Minha Vida.

Escreva um comentário

Share This